Dois anos sem Zé Precão

ZePrecao

Há dois anos, mais exatamente no sábado dia 27 de fevereiro de 2016, nosso grande amigo e guerreiro do SINDILEGIS-ES, José Marques Cosme nos deixava. Zé Precão, como ficou mais conhecido descansou das batalhas que valentemente travou, não apenas por interesse próprio, mas pelos direitos de todos, como foi o caso dos 11,98%, bandeira que empunhou e foi determinante na vitória, mas que não conseguiu usufruir da conquista. Zé Precão se foi antes de receber, mas ajudou para que muitos tivessem essa alegria.

Foi valente com seu inquietante protesto, desfilando diariamente pelos corredores da ALES vestindo um avental que lhe cobria até a canela, e nele escrito tudo o que queria dizer, exigindo o cumprimento dos direitos de todos os servidores lesados pelos pacotes econômicos e a mudança de moeda de 1994. Lá também estava, expressa na palavra “vergonha”, a sua opinião pessoal sobre os rumos tomado por muitos, que visavam simplesmente a apropriação do que não lhes pertencia. Por fim, ali também estava o desejo que o movia naquela batalha específica e que neste momento mais nos fere, “Quero receber antes de morrer”.

Na Assembleia Geral Extraordinária, ocorrida justamente no dia 27 de fevereiro, Zé Precão foi representado na mesa por sua esposa, Dona Amália e foi homenageado com o minuto de silêncio. Toda manifestação que enalteça Zé Precão é justa, pois para o Sindilegis-ES ele permanece muito além da simples lembrança, Zé Precão é o “mártir dos 11,98%” e nossa inspiração na força para continuar o caminho na defesa dos direitos dos servidores, característica sempre presente na vida deste grande companheiro.

Compartilhar
Esta entrada foi publicada em Noticias. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *